»
S
I
D
E
B
A
R
«
Qual a diferença entre gerir um projeto e gerir um produto?
August 2nd, 2010 by Joca

Nos meus posts recentes sobre acompanhamento de projetos ágeis e o uso de burnups acabei me deparando com algumas questões mais “filosóficas” sobre produtos, projetos, gestão de produtos e de projetos e os papéis de PO (product owner) e scrum master nas metodologias ágeis.

Projetos e produtos

Projetos e produtos

Definições

Primeiro algumas definições básicas:

A project in business and science is a collaborative enterprise, frequently involving research or design, that is carefully planned to achieve a particular aim.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Project

The noun product is defined as a “thing produced by labor or effort” or the “result of an act or a process”, and stems from the verb produce, from the Latin prōdūce(re) ‘(to) lead or bring forth’.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Product_(business)

Ou seja, enquanto o projeto é um processo com começo, meio e fim, o produto é o resultado de um processo, de um esforço.

Então gerir projetos e gerir produtos são duas funções distintas?

Parece que sim. Enquanto se está gerindo um projeto, a preocupação é com o processo e com tudo o que o cerca, ou seja, se está no prazo, se tem os recursos necessários e se está sendo feito conforme esperado (qualidade e escopo).

Por outro lado, quando se gere um produto, a maior preocupação é, ou pelo menos deveria ser, garantir que produto resolve um problema do cliente a quem esse produto é destinado.

Em um post de 2007 do blog How To Be A Good Product Manager, o autor Jeff Lash lembra alguns pontos importantes que não devemos esquecer quando pensamos em gestão de projetos e gestão de produtos:

  • Just like every product needs a product manager, every project needs a project manager.
  • Just because product managers think they can manage their own projects does not mean they should.
  • The skills, talents, and traits involved in project management are very different from those involved in product management.
  • Just like it is hard to find one single person who can fill the product management role and the product marketing role, it is hard to find one person who can be successful at both the product management and the project management role.
  • Project management is not a stepping stone to product management, nor vice versa.
  • Good project managers are just as valuable as good product managers.
  • Finding a good project manager to manage your projects will help you be an even better product manager.
  • The less time product managers spend on project management, the more time they will be able to spend on product management.
  • To avoid conflicts between product management and project management, product managers, project managers, and project teams should all agree on shared goals and objectives as much as possible.

Marty Cagan deixa claro a necessidade de separação desses papéis em um de seus posts:

For Internet services companies, it really is important that the roles be separate. You’ll thrash in release management if you don’t, and releases will consistently be delayed and take longer than they should.

E como as metodologias ágeis vêem essas funções?

As metodologias ágeis, mais especifcamente o Scrum, tem dois papéis claros no time, um focado mais no projeto, o Scrum Master e outro focado mais no produto, o Product Owner (PO):

[Scrum] Roles:

Product Owner: The person responsible for maintaining the Product Backlog by representing the interests of the stakeholders.
ScrumMaster: The person responsible for the Scrum process, making sure it is used correctly and maximizing its benefits.
Team: A cross-functional group of people responsible for managing itself to develop the product.
Scrum Team: Product Owner, ScrumMaster and Team

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Scrum_(development)

Há um artigo na InfoQ com o título “Can Product Owner and Scrum Master be Combined?” em que o tema de ter um única pessoa gerindo projeto e produto é discutido. Tanto nas opiniões que compõem o texto e que incluem testemunhos de pessoas como Mike Cohn e Ken Schwaber, quanto nos comentários do texto é unânime que apesar de ser possível combinar as duas funções e, se o time for muito pequeno, ser até aceitável, o mais recomendado é que essas funções sejam desempenhadas por pessoas diferentes.

Resumindo

  • Gerir um projeto é garantir que o processo está fluindo da melhor forma possível, dentro do prazo, com os recursos disponíveis e atingindo os objetivos de escopo e qualidade definidos. Ou seja, gerir projetos é olhar para dentro da organização.
  • Gerir um produto é garantir que o resultado de um processo satisfaça as necessidades do cliente. Ou seja, gerir produtos é olhar para fora da organização.
  • É possível e, se o time for muito pequeno (até 5 pessoas), pode ser até aceitável combinar as duas funções. Contudo, o mais recomendado é que essas funções sejam desempenhadas por pessoas diferentes.
1 person likes this post.

Leave a Reply

»  Substance: WordPress   »  Style: Ahren Ahimsa